Canais adotam participação remota de jornalistas, apresentadores e comentaristas

Publicada em 28/03/20 as 02:12h - 165 visualizações

por TELAVIVA


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Mônica Martelli  (Foto: TELAVIVA)
COVID-19
27/03/2020, 22:03


Canais adotam participação remota de jornalistas, apresentadores e comentaristas

Com o avanço da pandemia do novo coronavírus e as recomendações para que as pessoas pratiquem o isolamento social evitando ao máximo sair de casa, canais de TV, além de modificarem suas programações para ampliarem a cobertura do assunto, também estão fazendo adaptações nas atrações que continuam no ar, com apresentadores, jornalistas e comentaristas atuando de suas casas, por exemplo.

É o caso da CNN Brasil que, na última semana, anunciou o afastamento de William Waack dos estúdios. Waack, de 67 anos, faz participações diárias no "Jornal da CNN" direto de um estúdio montado em sua residência. O espaço tem iluminação profissional e conta com uma câmera Mirrorless que entrega qualidade broadcast. A partir daí, o âncora é conectado ao HQ da emissora via LiveU, com conexão na internet do estúdio remoto. "Com isso, conseguimos trazer o sinal de vídeo em ótima qualidade e mandar sinal de retorno do ar para que ele possa acompanhar e dar andamento no Jornal", informa a comunicação do canal para TELA VIVA.

O Jornalismo da Record também se adaptou – tanto na Record TV quanto na Record News há exemplos de apresentadores e comentaristas trabalhando de casa. No "Balanço Geral SP", Geraldo Luís e Renato Lombardi estão participando por videoconferência utilizando computadores e iluminação própria. Na edição das 19h45 e na edição da madrugada do "Jornal da Record", o comentarista de política Augusto Nunes também grava de casa, com equipamento próprio. Já na Record News, um pequeno estúdio foi montado para Heródoto Barbeiro apresentar e participar das reuniões de pauta diretamente de sua residência, com transmissão via Skype. Não há equipe do canal acompanhando os profissionais para que o isolamento recomendado não seja afetado. De acordo com a emissora, são os apresentadores que manuseiam os equipamentos de áudio e iluminação para as gravações. Em relação ao entretenimento do canal, os professores e apresentadores do programa "The Love School", Renato e Cristiane Cardoso, farão o programa ao vivo, direto de suas casas, neste sábado, 28, via Skype, de computadores próprios.

A Band é outra emissora aberta que fez algumas alterações nas dinâmicas de apresentação. A apresentadora Catia Fonseca está comandando o "Melhor da Tarde" de casa desde a última segunda-feira, dia 23 de março. O cenário é a cozinha dela. No local, ficam quatro câmeras, operadas por duas pessoas da equipe que vão até lá: o diretor, Rodrigo Riccó, e o assistente de direção, Neri Szimanski. Durante a atração, ela tem apresentado algumas matérias gravadas – inclusive por ela mesma – e chama links ao vivo.

A Globo, por sua vez, tem feito alterações na programação desde o surgimento dos primeiros casos de Covid-19 no Brasil – as principais mudanças foram a suspensão das gravações nas novelas que até então estavam no ar, com a volta de tramas já exibidas pela emissora à grade, e a ampliação nos tempos de duração dos jornalísticos, deixando atrações como "Se Joga", "Mais Você" e "Encontro com Fátima Bernardes" temporariamente fora da programação. Em relação aos programas que seguem no ar, a comunicação do canal afirma que uma série de cuidados rigorosos estão sendo tomados, seguindo as principais orientações para ajudar a conter o avanço da doença no Brasil. Por exemplo: em todas as redações há álcool isopropílico e lenços descartáveis para a limpeza de teclados e telefones; sachês antissépticos nas ilhas de edição; álcool gel nas bancadas; microfones de mão higienizados com Lysoform e os de lapela com álcool isopropílico; álcool gel em todos os carros; cada apresentador e repórter com um kit próprio de maquiagem e maquiadores trabalhando com máscaras cirúrgicas; entre outras medidas. 

O "É de Casa", por exemplo, conta com uma dinâmica especial com a participação remota do elenco, convidados e atrações musicais, que utilizam seus celulares para se conectarem com os apresentadores no estúdio. O programa ao vivo, apresentado no estúdio, tem reduzido o número de matérias na rua e tem links pelo Brasil, com a ajuda dos jornais locais e afiliadas da Globo. No caso do humorístico "Fora de Hora", os apresentadores Paulo Vieira e Renata Gaspar gravaram "cabeças" para o último programa da temporada, um especial de melhores momentos, exibido na TV na última terça, 24. As gravações foram feitas pelos mesmos, através de seus celulares, direto dos locais onde passam a quarentena. No mesmo dia, no "BBB 20", o quadro "CAT BBB" também aderiu ao home office, como parte dos cuidados preventivos ao Covid-19. Rafael Portugal gravou a edição mais recente do quadro em casa. A filmagem foi feita por meio de um aparelho celular e contou com alguns itens característicos do cenário, como um notebook, um fone de telemarketing e fotos dos participantes do reality.

O "Domingão do Faustão" é outro programa que adotou um novo formato, desde a semana passada. A atração comandada por Fausto Silva deixou de ser ao vivo e passou a relembrar em edições especiais quadros e participações de grandes nomes da música, dramaturgia e jornalismo, que fizeram parte da história de mais de trinta anos do "Domingão". De casa, com uma câmera 5D, o apresentador grava as "cabeças" para os programas.

Em relação ao Jornalismo, que tem sido o foco da maior parte da programação da emissora, a Globo afirma que profissionais de 60 anos ou mais, grávidas e profissionais com doenças pré-existentes que os coloquem em grupo de risco estão trabalhando de casa. Atualmente, há vários profissionais fazendo contribuições dessa forma. Em São Paulo, por exemplo, o apresentador Carlos Tramontina participa diariamente do "SPTV 2ª Edição" conversando com pessoas de mais de 60 anos sobre o que fazer em casa e como colaborar na batalha contra o vírus. A repórter Natália Ariede (que está grávida) participa do "Bom dia São Paulo" com dicas para quem está trabalhando em home office. Já o repórter Cesar Menezes traz estudos e pesquisas científicas para o "Combate ao Coronavírus".

Na GloboNews, vários apresentadores, comentaristas e repórteres estão fazendo suas contribuições de casa: Leilane Neubarth, José Roberto Burnier, Merval Pereira, Mônica Waldvogel, Eliane Cantanhede, Demétrio Magnoli, Valdo Cruz, Fernando Gabeira, Miriam Leitão, Carlos Alberto Sardenberg, além de todos os repórteres de Nova York e de Londres: Guga Chacra, Carol Cimenti, Sandra Coutinho, Jorge Pontual, Felipe Santana, Lucas Mendes, Caio Blinder, Pedro Andrade, Rodrigo Carvalho e Cecilia Malan. Todos os jornalistas usam recursos próprios e fazem suas entradas por celular e através de aplicativos como o Skype.

Além da GloboNews, outros canais da TV por assinatura também fez suas adaptações. A MTV, por exemplo, lançou no último dia 23 uma nova versão do programa "MTV Hits", uma das maiores audiências do canal. A atração tem novo formato comandado por Gui Araújo e Bia Coelho e vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 17h30 às 20h. O programa saiu do estúdio e, para respeitar as recomendações de evitar aglomerações, deixou os apresentadores trabalhando de casa. "Em casa, mudou um pouco, mas nem tanto porque a proposta do programa já pedia um formato 'selfie'. Eu já gravava com a câmera do celular e continuo fazendo isso de casa. A maquiagem e o cabelo sou eu mesma que faço e a iluminação é natural. Gravo dois programas por dia e faço trocas de figurino entre eles. A produção me ajuda remotamente, via WhatsApp mesmo, dando dicas e pedindo alterações quando necessário", conta Bia Coelho. A mesma dinâmica funciona para Gui Araújo, o outro apresentador do "MTV Hits", e para Leo Picon, à frente do Top 20.

No "Saia Justa", do GNT, as apresentadoras têm se encontrado por meio de lives, cada uma em sua casa. Astrid Fontenelle, Mônica Martelli, Pitty e Gaby Amarantos sentam nos sofás de suas casas, com seus próprios celulares e computadores, para discutir temas relevantes da atualidade – na última quarta, 25, as quatro comandaram a live no Instagram do GNT falando sobre os impactos da pandemia de Covid-19 em suas próprias rotinas: como estão lidando com os filhos em tempo integral dentro de casa e como as pessoas mais velhas de suas famílias estão enfrentando o isolamento foram alguns dos tópicos abordados. Na sequência, na TV, foi reprisado um conteúdo do programa já exibido anteriormente.

Para além dos canais de TV, o Esporte Interativo também estreou essa semana alguns conteúdos criados especificamente para o período de quarentena, com os talentos tocando os novos quadros de suas casas. Entre os lançamentos, está a "Quarentena do Alê", com Alê Oliveira, e "1X1", com Mauro Beting. "Hoje em dia, graças à tecnologia, muitos celulares ou computadores têm câmera de qualidade. É muito mais fácil e acessível produzir conteúdo em vídeo em alta definição. Por isso, os equipamentos que são usados nas nossas produções nesse período são os gadgets que cada um tem em casa", explica Diego Vieira, head de esportes da Turner no Brasil. "Os nossos talentos são responsáveis pela captação, a partir de uma orientação de boas práticas da nossa equipe de Produção e Operações. Isso vale para cenário e iluminação. Procuramos sempre escolher quadros e takes com alguma relação com futebol: seja com livros, quadros na parede, placas, camisas de futebol, etc. Além disso, temos sempre algum profissional de Operações recebendo todas as imagens em casa e fazendo os ajustes necessários. E nosso elenco trabalha com produção audiovisual há muito tempo, então tem boa noção do que deve ser feito", completa Vieira.

fonte: https://telaviva.com.br/27/03/2020/canais-adotam-participacao-remota-de-jornalistas-apresentadores-e-comentaristas/




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Visitas: 151780   Usuários Online: 6

Nosso Whatsapp

 (21) 97188 5686

Copyright (c) 2020 - TV COMUNITÁRIA DO RIO DE JANEIRO - Canal 6 da Net-Rio